11 truques das pessoas que estão sempre muito cheirosas (não é banho toda hora)
Você não sente inveja das pessoas que, independente de onde vão, estão sempre cheirosas? Podem sair da academia suando ou acabaram de acordar e ainda assim elas têm um perfume agradável.
Não é ao acaso, há uma fórmula para isso. Ainda que tomar banho regularmente influencie, há outros fatores que fazem que o aroma de nosso corpo dure o dia todo.
Aqui lhe damos alguns truques que talvez queira seguir. É mais fácil do que imagina:
Como ficar cheirosa o dia todo
Dieta é a chave
Dizem que "você é o que você come" e isso também se aplica a como você cheira. Em entrevista ao site Refinery29, a perfumista Julia Zangrilli diz que se você quiser cheirar bem, é importante que você pense no que você consome.
Uma dieta com muita cebola, especiarias e alho pode ser bom para o seu corpo, mas esse tipo de alimento pode afetar o aroma não só do seu hálito, mas também da sua pele por até 48 horas, dependendo da quantidade.
A comida não só afeta a forma como você cheira, mas também como o perfume fica na sua pele. Comer alimentos frescos como frutas, vegetais e proteínas são ideais para manter uma fragrância agradável.
As bebidas açucaradas também podem afetar o cheiro, especialmente porque atinge os poros e cheiro muito doce não é tão bom nas pessoas.
Fragrâncias
O componente principal para cheirar bem é a fragrância que você escolhe. Encontrar o que melhor se adequa à sua pele não é tão fácil. Certifique-se de procurar um cheiro natural, com o qual você se sinta confortável. É algo que também o tornará mais seguro todos os dias.
Hidratar a pele
Manter-se hidratado pode ajudar a prevenir os maus odores. Quando a pele seca, ela tende a absorver e dissipar os perfumes muito mais rápido. Uma dica para isso é tomar muita água, hidratar a pele e aplicar produtos que reponham a água da pele.
Experimentar várias fragrâncias
Você compra a primeira roupa que encontra quando vai a uma loja de roupas? O mesmo se aplica aos perfumes e loções, eles têm efeitos diferentes em cada pessoa.
Precisamos experimentá-los e ver como eles reagem na pele durante o dia. A melhor maneira de identificar uma boa fragrância é com paciência.
Às vezes, você compra o que pensou ser o certo e, no final, não era. Você tem que tentar várias amostras até que você encontre a ideal.
Também acontece de você adorar a primeira fragrância que encontrou e ficar com ela, mas geralmente tentando várias você encontre a ideal para sua pele e personalidade.
Cuidar das roupas
Parece algo óbvio, mas a maneira como você lava suas roupas faz uma grande diferença em como você cheira. Do sabão que você usa até a forma como você seca a roupa.
Linda Song, perfumista da Givaudan, diz que muitos sabões e amaciantes tentam imitar o cheiro de perfume. Olhe cuidadosamente antes de comprar produtos com fragrâncias que você gosta.
Saber exatamente onde borrifar a fragrâncias
Muitos não percebem exatamente onde devem borrifar as fragrâncias, mas é essencial que o cheiro dure o dia todo. De acordo com Aedes de Venustas, dono de Karl Bradl, as fragrâncias funcionam de baixo para cima, então o melhor é espirrar na área dos joelhos, no peito e atrás dos ouvidos.
É assim que você aproveitará a maior parte da fragrância, sem exagerar e borrifar demais.
Aplique sua fragrância também em áreas como o estômago, a parte de trás do pescoço, as axilas, tornozelos, etc.
Parece demais, mas Bradl sugere aplicar seu perfume uma meia hora antes de sair de sua casa para que ele se dissipe.
Não usar uma única fragrância
Com isso, não queremos dizer que você use vários perfumes, mas antes de borrifar suas fragrâncias mais intensas, tente usar óleos ou cremes corporais.
Essas camadas tornarão o cheiro em seu corpo muito mais duradouro. Tente comprar um óleo corporal que tenha alguma fragrância que faça você se sentir fresca durante o dia.
Aplicar as fragrâncias várias vezes
Se você quiser cheirar bem durante a maior parte do dia, saiba que os perfumes e loções não são feitos para durar muitas horas, eles se dissipam facilmente.
O ideal é que você tente aplicá-los duas vezes por dia. Todos nós suamos e respiramos pela nossa pele, o que é pode dar um toque extra no meio do nosso dia.
Mas lembre-se de não exagerar. Os perfumes de bolsa são muito úteis para isso.
Cheiro bom não só na pele
     Os especialistas recomendam borrifar algo até na sua casa, na sua cama, nas suas roupas e seus cabelos para cheirar o dia todo. Como uma dica, mude seus lençóis constantemente, não pare de escovar os dentes pela manhã, coloque velas na sua casa, aromatizantes no banheiro, etc. Acredite ou não, todos esses aromas influenciam como você cheira durante o dia. Há várias maneiras de deixar sua casa cheirando de um jeito incrível sem que você tenha que borrifar muito perfume em tudo.
Carregar um spray ou talco para os pés
Se seus pés tendem a cheirar mal durante o dia, como o de muitas pessoas, carregue um spray ou talco para você aplicar várias vezes ao dia. Lembre-se de que pés assustadores podem arruinar qualquer momento.
Investir em um shampoo seco
Se você não gosta de lavar os cabelos todos os dias, às vezes não consegue impedir que ele pareça gorduroso e comece a sentir mau cheiro. Compre um shampoo seco com o aroma que goste, aplique-o de manhã e à noite se você estiver indo para algum lugar.
* Traduzido do artigo original escrito por Mariana Tinoco, do VIX Espanhol.
© Milos Nakovic/Shutterstock mulher cheirando cabelo. © VGstockstudio/shutterstock roupa cheirosa. © Pressmaster/Shutterstock casal namorados cheiro.

 Portal MSN.


5 passos para aumentar sua coragem!
Você é capaz de saltar de paraquedas, matar uma barata, mudar para uma cidade onde não conhece ninguém ou ainda terminar um relacionamento abusivo?
Seja em pequenos momentos ou em grandes decisões, a coragem está sempre presente em nosso cotidiano.
Assim, para compreender melhor essa força que nos faz agir diante do perigo, elaboramos 5 dicas essenciais para você sair da zona de conforto e encarar seus medos sem receio.
Confira!
Questionamentos
Questione seus pensamentos negativos: uma das melhores maneiras de lidar com o medo é questionando os seus pensamentos negativos em relação àquele objeto ou situação.
A principal dica para vencer essa aflição e, consequentemente, ter mais coragem é dar mais valor ao que você pensa de bom.
Sempre que achar que alguma coisa vai dar errado, pare e tente pensar o contrário. Repita o famoso: ‘vai dar certo.
Tempo
Respeite o seu tempo: é essencial tentar vencer seus medos, mas, por outro lado, é preciso saber respeitar o seu tempo. Não faça nada que vá deixá-lo atordoado depois. Tudo tem sua hora!
Desafios
Não se reprima: exercitar o ato de aceitar desafios sem hesitar. Quanto mais tempo você tiver para ruminar pensamentos antes de topar um desafio, menos coragem você vai ter para cumpri-lo, pois já saberá bem o que aflige naquela situação.
Zona de conforto
Adeus, zona de conforto! Vamos com calma! Faça coisas que coloquem você em situações com as quais não está acostumado, se desafie.
Comece com pequenos desafios e vá aumentando o nível de dificuldade. Faça algo que você não faria habitualmente.
Mas lembre-se: conheça seus limites e não faça nada que coloque em risco a sua saúde mental ou física.
Autoconhecimento
Autoconhecimento é tudo: conhecer a si mesmo é um passo fundamental para ter mais coragem.
Entender os seus medos e desejos faz parte desse processo. Saiba também quais são seus principais defeitos, mas, em momento algum, deixe que eles dominem sua vida e ditem o que fazer.
© Foto: Shutterstock) coragem
© Fotos: Shutterstock).
Portal MSN.

http://www.msn.com/pt-br/estilo-de-vida/comportamento/5-passos-para-aumentar-sua-coragem/ar-AAuLzoV?li=AAggNbi&ocid=iehp
Inteligência financeira não depende de quanto você tem na conta.
Hoje eu ouvi uma frase: “Ah, mas ele é muito inteligente. Tem muito dinheiro”. Essa frase me motivou a escrever sobre um tema importante ao qual muitas vezes não damos a devida atenção:
Inteligência financeira. Você sabe explicar exatamente o que é isso?
Pois bem, muita gente associa dinheiro à inteligência, mas precisamos lembrar que inteligência pode estar associada a diversas partes da vida.
Há quem seja inteligente intelectualmente, mas não emocionalmente. Há quem seja inteligente emocionalmente, mas não financeiramente.
Uma coisa não depende necessariamente da outra, por isso é importante separarmos as definições, até para que possamos desenvolver as áreas em que estamos em desvantagem.
E não tenha vergonha disso, afinal todo mundo está em desvantagem em algum aspecto! O importante é compreender e melhorar esses pontos.
Ter dinheiro não é sinônimo de inteligência
A primeira questão que preciso ressaltar é que ter uma conta bancária gorda nem sempre quer dizer que há muita inteligência financeira na mente de alguém.
Vou dar um exemplo prático que ilustra bem a questão: um amigo rico, que havia recebido uma boa quantia de herança dos pais, acabou se endividando, falindo, e perdendo tudo após anos de falta de inteligência financeira.
Ao mesmo tempo, uma senhora, faxineira da casa de um primo, foi capaz de organizar tão bem as finanças – mesmo com um salário pequeno – que ao final de anos conseguiu adquirir a casa própria que tanto queria e ainda ver a filha se formar na universidade, sim para ela a educação tinha muito valor.
Está vendo como ter dinheiro hoje não é garantia de ter dinheiro no futuro?
Mais do que uma conta recheada é preciso ter pensamentos e atitudes que mantenham a riqueza conquistada ou que ajudem a não gastar além da conta, fazer uma reserva, investir, ter autodisciplina, e etc.
Isso é inteligência financeira, algo ligado a emoções e ações relacionadas ao uso do dinheiro. E, a propósito, como anda a sua?
O que você precisa saber
Muitos educadores financeiros utilizam o termo “Inteligência Financeira”. Mas o conceito foi apresentado inicialmente por Robert Kiyosaki no livro “Pai Rico Pai Pobre – O que os ricos ensinam a seus filhos sobre dinheiro”, lançado em 1995.
Quando usou este termo, o autor também disse que esta inteligência dependeria do bom uso de quatro habilidades:
Alfabetização financeira, que seria a habilidade de entender os números;  
Estratégia financeira, que seria a ciência do dinheiro fazer mais dinheiro, ou seja, dos investimentos; 
Entendimento do funcionamento do mercado, afinal quem não sabe como as coisas funcionam corre riscos e perde oportunidades;
Entendimento das leis, pois tudo deve ser feito de maneira legal.
Uma mensagem interessante no livro que vale bastante para o que estamos refletindo aqui é: “Se você costuma gastar tudo o que ganha, o mais provável é que um aumento do dinheiro disponível apenas resulte em aumento das despesas”. 
Ou seja, mais uma vez, inteligência financeira não tem a ver com o que se tem no bolso, mas com o que se tem na cabeça. Não é à toa que a maioria diz que quanto maior o salário, maiores as despesas. Ou seja, falta inteligência financeira aí!
O segredo para expandir a inteligência financeira
E qual será o segredo para expandir a inteligência financeira? Você que acompanha o Dinheirama já está um passo à frente neste quesito, afinal, está se dispondo a entender melhor essa área e aprimorar seus conhecimentos.
Para ajudar, separei algumas sugestões que você também pode avaliar e colocar em prática se quiser se desenvolver neste aspecto. Vamos lá?
1.   Entenda que dinheiro também é tempo e valorize
Quanto tempo você precisa trabalhar ou dedicar a determinada atividade para ganhar dinheiro?
É importante se lembrar, sempre que tiver vontade de consumir sem muita certeza de estar fazendo a coisa certa, que provavelmente você teve de trabalhar e se empenhar para ganhar aquele dinheiro, portanto, não gaste de forma desnecessária.
Aproveite para entender seu orçamento, cortar e substituir gastos, e pensar em prioridades. Nem sempre dá para ter tudo, por isso é necessário usar o dinheiro para finalidades que farão a diferença para você, sejam bens tangíveis ou intangíveis.
2.    Faça o dinheiro render
Não deixe seu dinheiro parado. Já que você batalhou para consegui-lo, faça-o render. Para isso é preciso que você se dedique a entender melhor de educação financeira e também vá atrás das fontes certas.
Não precisamos saber tudo. Se eu quiser saber sobre dietas, por exemplo, falarei com um nutricionista. Se eu quiser saber sobre medicamentos, falarei com um médico.
Vá atrás de informação correta, compare rentabilidades, riscos e condições de cada investimento que esteja dentro do seu perfil, e permita que seu dinheiro se multiplique.
3.    Não siga a manada
Finalmente, é mais fácil seguir as informações que todo mundo tem e realizar as ações que todos realizam do que pensar de forma individual, não é mesmo?
Permita-se questionar sempre um pouco além quando tudo estiver indicando para um único caminho. Não é porque todos os sites e revistas falam sobre determinado investimento que ele é o melhor para você, entende?
Também não é porque a maioria está gastando dinheiro a rodo em épocas festivas que você também precisa gastar.
Seja consciente e mire no futuro. Ter inteligência financeira também é isso! Estamos combinados?
Até a próxima!
------
Este artigo foi escrito por Ricardo Pereira.
Este artigo apareceu originalmente no site Dinheirama.
Portal MSN.


Ovo inteiro ou só as claras? Estudo responde qual é melhor para formar músculos.
O ovo é um dos alimentos mais saudáveis -- mas também é um dos mais demonizados. Se em uma semana, uma notícia diz que comer ovos faz bem, em outra semana, que ele faz mal. Entre os mitos que cercam o alimento é se comer só as claras é melhor do que comer o ovo inteiro, com a "temida" gema.
Agora, um novo estudo publicada no renomado American Journal of Clinical Nutrition respondeu uma das dezenas de dúvidas.
Afinal, é melhor para formar músculos: claras ou o ovo inteiro?
Diferentemente do que muitos imaginavam, comer o ovo inteiro é melhor.
A pesquisa, comandada pelo pesquisador Nicholas Burd, analisou dez homens saudáveis, com faixa etária de 20 anos, que praticavam exercícios regularmente.
Após um treino de resistência, metade dos participantes comeu ovos inteiros e outra metade só as claras, nada de gema. Eles ingeriram o equivalente a 18 gramas de proteína.
Após essa etapa, foram realizados exames de sangue que mostraram que ambos os grupos entregaram a mesma quantidade de aminoácidos, responsáveis pela formação muscular.
Porém, aqueles que ingeriram o ovo inteiro apresentaram melhor construção muscular -- precisamente, 40% maior do que o grupo de homens que comeram só as claras.
Isso significa, segundo os pesquisadores, que ingerir o ovo inteiro é melhor para a formação da massa muscular.

© Mizina via Getty Images Afinal, é melhor comer só as claras ou o ovo inteiro?
Portal MSN.


Chá que emagrece: conheça as receitas.
O consumo de chá e infusões pode ser um bom aliado na hora de perder peso. Conheça algumas indicações e veja como prepará-los.
Chás e infusões são parceiros de uma alimentação balanceada e podem auxiliar o emagrecimento.
Alguns chás e infusões podem auxiliar o emagrecimento. Basta considerá-los como parceiros de uma alimentação balanceada, rica em nutrientes e pobre em açúcares e gorduras.
“O processo de emagrecimento é complexo”, lembra a Thalita Longo, nutricionista da Clínica Seven, de São Paulo.
Veja três receitas que podem ajudar na queima calórica:
Chá verde:
Extraído da Camellia sinensis, planta chinesa rica em antioxidantes e cafeína, o chá verde tem propriedades anticancerígenas e favorece o emagrecimento.
“Ele tem substâncias capazes de atuar sobre o sistema nervoso simpático, que regula a queima de gorduras”, indica Thalita. “Mas deve ser consumido com cautela ou evitado por gestantes e pessoas com hipotireoidismo e hipertensão arterial”, restringe.
Como preparar:
Colocar colher de uma sopa de chá em 600 ml de água quente, esperar cinco minutos, coar e tomar ao longo do dia.
É importante evitar o consumo após as 15 h, devido à presença de cafeína, que pode atrapalhar o sono.
Hibisco:
Com ação diurética, diminui a retenção de líquidos no organismo.
Alguns estudos sugerem sua ação termogênica, obrigando o metabolismo a trabalhar, promovendo a queima de gordura. Também ajuda como anti-inflamatório.
“As pessoas com sobrepeso ou obesidade possuem um processo inflamatório já instalado”, comenta Thalita.
“O hibisco possui em sua composição alguns fitoquímicos, como a antocianina, que podem auxiliar na redução desse processo.”
A nutricionista avisa que essa infusão deve ser evitada por gestantes, lactantes e mulheres que desejam engravidar, e também por portadores de insuficiência renal.
Como preparar
Coloque uma colher de sopa de chá de hibisco em 400 ml de água quente, esperar de 8 a 10 minutos, coar e consumir ao longo do dia.
Gengibre e casca de abacaxi:
A casca do abacaxi possui em sua composição a bromelina, “uma potente substância que auxilia no processo de digestão”, conta Thalita.
“E quando associado ao efeito termogênico do gengibre, pode ser um grande aliado no processo de emagrecimento”, indica.
Como fazer:
Juntar a casca de ¼ de abacaxi e um pedaço pequeno (tamanho de uma falange do dedo) de gengibre em 500 ml de água quente, esperar de 8 a 10 minutos, coar a infusão e consumir ao longo do dia.
Temperatura da água:
Para garantir uma boa extração das substâncias benéficas nos chás e infusões, a temperatura da água deve variar ente 60°C a 95°C.
Como muitas vezes não é possível medir a temperatura, a nutricionista recomenda o seguinte modo de preparar: “desligar o fogo assim que a água começar a entrar em ebulição e então adicionar a erva de sua preferência e deixar descansar por um período específico, que pode variar de 8 a 10 minutos quando se tratar de infusões de ervas, frutas ou raízes; ou de até cinco minutos, no caso de chá verde ou preto.
A nutricionista Thalita Longo, no entanto, alerta: “Os principais fatores que influenciam o resultado final são a alimentação diária, a prática de atividade física, as alterações hormonais, a presença ou não do estresse e o sono adequado”.
Os chás são ótimos coadjuvantes.
(Istock/Getty Images)

Por Luisa de Oliveira

https://veja.abril.com.br/saude/cha-que-emagrece-conheca-as-receitas/
Inchaço: alimentos que você deve priorizar para evitar a retenção
Você não alterou nadinha a dieta, mas as pernas parecem estar mais grossas e fechar o jeans ficou mais difícil.
O primeiro passo é evitar os alimentos carregados em sódio (sal refinado, comidas muito processadas, refrigerantes e temperos prontos); o segundo, fazer escolhas melhores. Priorize:
Água de coco
Rica em magnésio, cálcio e potássio, a bebida combate a retenção. Consuma todos os dias (300 ml) na fase de inchaço. Outras boas opções: melancia ou melão (1 fatia média) e laranja-lima (1 unidade). “Coma também mais abobrinha e pepino”, recomenda a especialista em nutrição ayurveda Xanda Fogaça, de Belo Horizonte.
Ervas frescas
Elas ressaltam o sabor dos alimentos e, com isso, reduzem a necessidade de sal. E ainda garantem substâncias diuréticas, antioxidantes e anti-inflamatórias, especialmente o salsão, a salsinha e o coentro. Mas abuse também do alecrim, do tomilho, do orégano, do manjericão…
Chá
Pode ser de erva-doce, cidreira, hortelã e camomila – ervas com propriedades calmantes e anti-inflamatórias.
Aqueça a água sem deixar ferver, desligue o fogo, junte a erva, tampe e deixe em infusão por 5 minutos. Já a erva-doce, por ser uma semente, deve ser fervida por 5 minutos.
© Thinkstock/Getty.

http://www.msn.com/pt-br/saude/nutricao/incha%c3%a7o-alimentos-que-voc%c3%aa-deve-priorizar-para-evitar-a-reten%c3%a7%c3%a3o/ar-AAuJqyR?li=AAggNbi&ocid=iehp


15 passos para aumentar seu carisma.

Muito se discute sobre o perfil de liderança - se é algo com o qual se nasce ou se pode ser adquirido ao longo da vida.
Alguns acreditam que o caráter de um líder é algo que pode ser trabalhado por meio da experiência, da formação e do desenvolvimento, enquanto outros acreditam que a liderança é um talento nato.
Em um artigo de 2002 da “Harvard Business Review”, Melvin Sorcher e James Brant afirmam: “A nossa experiência nos faz pensar que grande parte da liderança já seja intrínseca à pessoa antes que ela complete 25 anos”.
No sentido contrário, um grande banco fez uma tentativa de desenvolver alguns líderes entre os seus 95 mil colaboradores, convencido de que a liderança e a carisma são frutos do desenvolvimento e do ambiente.
Os líderes mais eficientes da história foram rotulados como carismáticos. Os chefes carismáticos são, essencialmente, comunicadores muito hábeis - indivíduos que são verbalmente eloquentes, mas também capazes de se comunicar com seus seguidores em um nível profundo e emotivo.
Em outras palavras, são capazes de articular uma visão interessante ou cativante e de suscitar fortes emoções.
Um modelo que representa os melhores líderes é a liderança transformacional. O primeiro componente do modelo é a capacidade de ser um exemplo positivo para os que o seguem.
Nos negócios, o líder carismático/transformacional serve, às vezes, como a própria imagem da empresa - o exemplo mais óbvio é Steve Jobs.
A motivação inspiradora é a segunda qualidade dos líderes transformacionais, e é por isso que os profissionais cheios de carisma são notados: por sua capacidade de motivar seus seguidores a alcançar altos níveis e a se engajar com a organização ou com a causa.
Os outros dois elementos da liderança transformacional são estímulo intelectual (desafiar os seguidores a serem criativos e pensar fora da caixa) e consideração individualizada (ser sensível aos sentimentos e às necessidades de desenvolvimento dos seguidores).
Os líderes transformacionais são carismáticos, mas também são notáveis pela liderança de grupos de alta performance e pelo desenvolvimento da capacidade de liderança nas outras pessoas, além da característica de ajudar o grupo ou a empresa a mudar e inovar.
As piores coisas que podem fazer um líder sair do eixo são a arrogância, seguida pela falta de preocupação ou de reação diante de confrontos entre integrantes da sua equipe.
Além disso, um líder deve ter sucesso na maioria das vezes e aprender com os erros e reveses.
Estudos do pesquisador Richard Arvey estimam que a liderança é dois terços “adquirida” e um terço formada por “talento natural”.
Entretanto, se boa parte da liderança é um conjunto de habilidades e competências, essas requerem tempo para serem desenvolvidas.
Veja, na galeria de fotos, algumas medidas práticas para aumentar o próprio carisma:
Falar das possibilidades
Foque nas coisas que você quer e descubra oportunidades que, de outra maneira, teria perdido.
Se você se concentrar apenas nos aspectos negativos da sua situação, nas coisas que você não pode ou não quer fazer, estimulará o pessimismo, o que provoca mais emoções negativas e perda de tempo e energia que poderiam ser utilizados de modo mais construtivo.
Se você quiser mais tempo, fale sobre as coisas importantes que você fará durante o dia, durante a semana ou durante o ano, e não sobre o fato de estar enlouquecido.
Se quiser mais sucesso, fale de suas aspirações e de que coisas pode fazer para torná-las realidade, e não de quão grande são os seus problemas.
Se quiser mais poder e influência, fale daquilo que fará com a influência que você já tem, e não sobre como ninguém o leva a sério.
Não “tente” fazer as coisas

Se o presidente Kennedy tivesse dito: “Vamos tentar levar um homem à Lua”, ele provavelmente ainda estaria tentando.
Há um poder real no modo como você fala sobre aquilo que você quer mudar, alcançar ou se tornar.
O “vou tentar” soa como hesitação e ambivalência.
Declare a você mesmo e a qualquer um que escute que você está seriamente mudando o jogo e que querer já é algo resolvido: está apenas esperando que seja completado.
Nunca diga “nunca”

Até Roger Bannister correr um quilômetro em menos de 4 minutos em 1954, pensava-se que isso fosse impossível.
Poucas pessoas se preocupavam em tentar. Porém, seis semanas depois de Bannister, John Landy já havia melhorado o recorde em quase um segundo.
A maior parte de nós não tem ideia do que é efetivamente possível. Do mesmo modo, quando usamos termos como esse, entramos em algo que é conhecido como “armadilha linguística” - nos confinamos nos muros que as nossas palavras criam.
Então, palavras como “sempre”, “nunca” e “impossível” devem ser muito raras: utilize-as com cautela.
Nunca se desculpe por ter uma opinião

O filósofo russo Mikhail Bachtin cunhou o termo “duplo discurso vocal” para explicar o fenômeno segundo o qual as pessoas precedem as suas afirmações para minimizar a possibilidade de uma reação negativa.
Por exemplo: “Sei que posso estar equivocado, mas…” ou “Desculpe se alguém não estiver de acordo, mas estava pensando...”. Desvalorizar a sua própria opinião não é bom para ninguém e priva todos do valor da sua perspectiva.
Atenção aos rótulos. Eles o limitam
Quando utilizados nos potes da despensa, os rótulos podem ser muito úteis. Em outros âmbitos, porém, é preciso ter cuidado.
Por exemplo: só porque você, às vezes, é preguiçoso, não significa que não possa escolher não ser preguiçoso. Só porque falhou em alguma coisa, não significa que seja um fracasso. E só porque você fez uma escolha errada, não significa que não possa melhorar.
Lide com os nervos

Quando as pessoas carismáticas falam, não mostram nervosismo.
Escute com atenção
Quando a maioria das pessoas pensa sobre as pessoas carismáticas, nota a sua capacidade de falar ou interagir com os outros.
Porém, o que realmente impressiona é a capacidade de ouvir. É difícil ser bom nisso no mundo frenético em que vivemos, mas uma pessoa carismática é alguém que escuta com atenção e faz com que você sinta que os seus pensamentos são valorizados
Conecte-se com seus interlocutores
Conecte a sua conversa à realidade da pessoa com quem você está falando. Utilize temas que lhe posicionem como uma pessoa na média, na qual os outros possam ver a si mesmos.
Utilize técnicas de espelho usando as mesmas palavras e a terminologia que a outra pessoa utiliza para tentar encontrar terreno comum com quem quer que seja, fazendo o tipo certo de perguntas.
Fale de suas paixões
O tema correto é capaz de dar poder a sua voz. Quando você fala sobre alguma coisa chata, seu nível de energia será baixo. Porém, quando se fala de uma paixão, sobre o que o mantém acordado à noite, as pessoas pelas quais se interessa e como quer tornar o mundo melhor, a sua energia fica evidente.
A paixão dá convicção à sua voz, persuadindo os outros a oferecerem apoio.
Dê mais do que recebe
As pessoas carismáticas melhoram e enriquecem as vidas daqueles que as cercam. Quando você se oferece sinceramente para ajudar qualquer outra pessoa, ela se sentirá particularmente apegada a você.
Somos atraídos por aqueles que servem aos outros antes de a si mesmos. Dê mais do que recebe e estará no bom caminho para se tornar carismático.
Tenha senso de humor
Se você tiver confiança em tentar fazer alguém rir, você vai conseguir. Divertir e ser carismático anda lado a lado.
Adapte-se às situações
A maior parte das pessoas pensa que a confiança em si mesmo gera carisma, mas a capacidade de ser adaptável a qualquer situação ou ambiente também é importante.
Esteja ciente das novidades e das tendências do setor e disposto a fazer perguntas quando não entender alguma coisa.
Lembre-se dos nomes
Lembrar-se do nome de uma pessoa pode fazer com que você obtenha a sua atenção em um instante, pois faz com que ela se sinta importante e o ajuda a se tornar mais simpático.
Tanto em situações de trabalho quanto na vida pessoal, faça o esforço de lembrar dos nomes das pessoas que você encontrou.
Mostre interesse pelas pessoas
Um indivíduo carismático emana magnetismo pessoal. As pessoas carismáticas realmente se interessam umas pelas outras.
A chave é mostrar interesse e entusiasmo pela outra pessoa quando você estiver em uma conversa.
Escute atentamente aquilo que o outro tem a dizer antes de fazer perguntas que convidam a uma maior profundidade de informação. Fazer isso dará ao seu “fator carisma” um impulso enorme.
Pergunte
As pessoas gostam de falar de si mesmas. Portanto, se você escutar mais e fizer mais perguntas, será muito mais carismático. Tente descobrir quão pouco você pode falar.
Copyright Forbes Brasil.
(copyright@forbes.com.br).
© iStock.
Portal MSN.